segunda-feira, 24 de setembro de 2012

ALMOÇO DOS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA NO MASP


quarta-feira, 12 de setembro de 2012

ASSESSORIA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS GLOBAIS - GNA CONSULTORIA

MAPA DE RISCOS GLOBAIS

RELATÓRIO APONTA QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS ASPECTOS AMBIENTAIS, ECONÔMICOS E SOCIAIS QUE COLOCAM O PLANETA EM RISCO, VEJAM OS PRINCIPAIS DELES:


FONTE FÓRUM ECONÔMICO MUNDIAL E RELATÓRIO DE RISCOS GLOBAIS,2012


segunda-feira, 10 de setembro de 2012

CAMPANHA DO ARMAMENTO - DIREITO DE DEFESA DO CIDADÃO


TECNOLOGIA DE PREVENÇÃO DE PERDAS

CAMINHO ABERTO AO LUCRO


São muitos os exemplos, especialmente no varejo supermercadista, em que a introdução da tecnologia de prevenção de perdas abriu caminho para o aumento das vendas e lucros. Tanto pequenos como grandes varejistas, ao tirar determinados produtos do confinamento, por exemplo, graças à instalação do Gatevision CFTV, e expô-los em prateleiras, ao alcance do consumidor, melhoraram seus resultados.

Outras soluções como antenas, etiquetas ou o Gatecash, que combate as fraudes no PDV, também têm trazido benefícios para o autosserviço.

As redes Superbom (três PDVs em Bauru, no Estado de São Paulo), por exemplo, comprovam que a prevenção de perdas, além de reduzir as ocorrências de furtos, permite ao varejista aumentar o foco nos negócios e, com isso, gerar mais lucros.
Soluções adquiridas pelo Finame

A busca contínua de alternativas para o crescimento e o desenvolvimento do negócio fez com que o Superbom, com três supermercados em Bauru, no interior do Estado de São Paulo, optasse por adquirir itens de segurança para a mais nova loja da rede, inaugurada em dezembro de 2011. O desejo dos gestores era que a unidade já começasse a funcionar com vários acessórios.

O sócio-proprietário do Superbom, José Flávio Cabreira Fernandes, que também é diretor de tecnologia e logística da Apas, explica que “a condição comercial apresentada pela Gunnebo Gateway Brasil permitiu que fizéssemos o investimento em três tecnologias (CFTV, antenas e Gatecash), por meio do Finame. Daí, foi possível antecipar a aquisição dos sistemas de prevenção de perdas e colher os frutos já no início da operação da nova loja”. E o supermercadista vai além: “Na nossa análise, o retorno vai ocorrer bem antes do término dos pagamentos das parcelas financiadas”.
O retorno a que se refere o sócio-proprietário do Superbom são os ganhos de produtividade e melhoria de rentabilidade da loja, graças à melhoria da gestão de frente de caixa, à venda de produtos anteriormente confinados e ao controle de perdas antes “não identificadas”. Fernandes destaca ainda que, pelo design clean das antenas de proteção, faz propaganda da própria rede e dos seus fornecedores diretos.
Em breve, o Blog Sobre o Varejo publicará outros cases de sucesso e exemplos de como o investimento em prevenção de perdas pode colaborar com o crescimento dos lucros para varejistas.

FONTE WWW.GATEWAY-SECURITY.COM.BR